quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Del Corazón

(Foto: Gustavo Gabriel)

Quizá si hubiera dicho lo que se pasaba en mi pecho, pudiera tener algo diferente entre nosotros de lo que hay hoy. Pero las cosas no se pasan así. Cuando un decidi callarse, lo otro no sabrá lo que ocurriera nunca. Así seguirá la vida por el camino elegido por uno de dos.
Ese corazón que latió incesantemente no puede más latir como tal. No más, porque la vida debe seguir.
Obedezca, corazón, tu dueño! Yo te controlo! Tu estás en mis manos más que en mi pecho! La chance de controlarme y cambiar los destinos que tú tuviste ya pasó. Para tú, de luchar!
Dejame vivir el camino elegido; los asomos de felicidad que tengo al verla nada son que fantasmas del pasado. Fantasmas que me dejan nervioso e inquieto y rubro y...
Ellos hablan más que deben.
Yo hablo más que debo.
Callame, corazón.

ps.: Gracias a Micaela por la fotografia




PS: Ganhei esse selo especial da Mari (moça sentimental que faz o Coração pensar), regras:
1- Postar o selo.
2- Linkar quem te ofereceu o selo.
3- Indicar dez blogs que não saem da sua cabeça

1. Meu Pretexo Diário
2. Palavras Insolúveis
3. As Palavras tem Sabor
4. Across The Universe
5. Sem Título

6. Isobel Figue
7.
Marreco Blog
8. Incompleto e Sem Título
9. Dez.atinos
10. Deu na Telha

4- Avisá-los que receberam o selo.

5- Listar dez coisas que não saem da sua cabeça:.

- Eu me formar;
- O Rio de Janeiro;
- Morena(s);
- O trabalho;
- O trompete;
- Ganhar grana;
- PES;
- Conseguir a carteira de motorista;
- Fotografia;
- Deus.

5 comentários:

Nathi disse...

Obrigada querido!!!

Ameii, Mafalda é demais!

Mas me diga, como é que o selo fica no meu blog, já recebi uns 3 e não sei como é que faz pra eles ficarem como link do ladinho do blog, sabe?!?!

Beijoo e ótima sexta!

Nathi disse...

Ah, sua consciêcia ainda não encontrou com a minha, mas eu espero encontrar contigo logo, logo!!

Posso voltar o selo pra você?!?!

Arthur disse...

Muito bom o texto, ragazzo.

Estás muito bom com as palavras na língua dos outros. Afie-as, molde-as mais. Mas acho que as saíram assim pois saltaram, como diz o título, Del Corázon. As vezes este fala mais que a boca, escreve mais que as mãos.

Bem, continue. :3

João Gilberto Saraiva disse...

Se o homem é espanhol, o coração com certeza é basco.

Um dos melhores texto do blog até agora.

Obrigado pela indicação irmão, a gentileza foi paga com a mesma moeda.

Ana Karenina disse...

Realmente é uma mania danada essa do coração de achar que tem vida própria e destino próprio. E sempre quem acaba pagando o pato somos nós, pobres mortais.

Obrigada pela gentileza, Gabriel.

Um beijão!