sábado, 16 de janeiro de 2010

Os Dias

[Primeira pessoa]

Quando acordei vi aquela pilha de cuecas para lavar e, claro, veio o desgosto. Minha irmã olha para mim e diz "Lave suas cuecas", "Amanhã eu lavo", respondi. Como toda aquela sua sabedoria de mulher criada para comandar a casa (e o mundo, diga-se de passagem) ela me falou "Você não sabe do amanhã". Sabedoria Salomânica, eu diria.

A noite, quando estou voltando para casa, chove. Chove muito. No cruzamento da ladeira, um gaiato enfia a cabeça do seu carro no meio da pista para, talvez, enxergar melhor, talvez se impor. Pé no freio, os quatro dentro do carro balançam, eu balanço, meu velho e forte Gurgel Carajás 84 balança também e nos danamos no meio-fio; para salvar a pele do gaiato.

Eu posso não saber do amanhã, mas de uma coisa eu sei: lave suas cuecas enquanto você tem tempo, pois, praga de irmã é forte. Bem forte.

ps.: Se me perguntarem se eu tenho medo de morrer, eu respondo: Eu tenho medo é da bronca do meu velho amanhã. E Tenho dito.

12 comentários:

Yuri Padilha disse...

O foda é quando você não tem nada a ver com irmã do cara e sofre a maldição por tabela!


A gente se fode, mas se diverte! Histórias pra contar!

Abração!

João Gilberto disse...

João pensou: Eu fiquei, mas cadê Pedro?

PS:De alguma coisa serviu o curso "trocando pneus" que fiz com meu pai antes de dirigir.

. ρe₫πŎ ° disse...

nós devemos lavar nossas cuecas, mas é bom poder contar com alguém para trazer o sabão.


c'est la vie!

R@mon_Vitor disse...

Muito BOM!
Sua maneira bem humorada de tratar de coisa série me fascina.
Ótimo.

Vitória disse...

kkkkkkk Morri de rir, muito bem escrito e cômico! Genial.

Nathi disse...

Cueca maldita!!!

Não lave, toque fogo!

Virna disse...

Me dá seu carro!

*LIS disse...

Acho que eu iria mais pro pensamento de: como nao sei do amanha, eu e' que nao vou ficar aqui lavando minhas cuecas enquanto o sol esta raiando!
haha

Esse texto acho que foi o meu prefeido dos ja postados no "Brilhante", significativo, pequeno, engracado e poetico.
A cara que a literatura brasileira contemporanea tem que tomar, nao so literatura, como a musica, as artes!

Debby disse...

Hahaha, bom saber que praga de irmã mais velha pega mesmo ^^
Vou começar a exercitar meus poderes aqui em casa!

:P

Bjoks

Nathi disse...

Juro que não entendii...

"Recursos Humanos"?

Samis disse...

Gustavo! achei vc por aqui! vou te seguir, belez?

O texto ficou massa!

=)

Ana Karenina disse...

O amanhã não perdoa, meu jovem amigo.