segunda-feira, 26 de julho de 2010

Escolha (a)normal

Blues para piano, baixo e bateria. (Quem sabe um violino).

Você insiste em me dizer
que quer a vida de volta ao normal
e bem ou mal, só quer saber
como agir pra isso acontecer;

e quer mais tempo,
mais liberdade,
pra trazer de volta o tudo
que estava ao seu redor.

Mas olhe bem, não leve a mal,
se for assim, quem sabe, eu vá desaparecer
da sua vida, do seu olhar,
até a vista, até mais ver.

Posso fazer as malas, arrumar a casa
e dizer bye bye, meu bem,
foi bom te encontrar.

Porém, querida, vou lhe dizer
tenho um último desejo que preciso falar;
é muito simples, pode não ser,
o que eu quero dessa vida simplesmente é você.

Com os seus vícios, suas virtudes
mesmo que isso pareça paradoxal.

Quero você, simples assim,
você, e nossa vida anormal.

11 comentários:

. ρe₫πŎ ° disse...

Deu vontade de estar acompanhado por um baixo, bateria e um piano, e quem sabe, cantar.

=~~

Gostei³ da letra.
=B

Nathi disse...

Acho que tudo melhora com uma cuíca e o acompanhamento de um pandeiro luxuoso...

Mas neste caso, ficaria com o violino mesmo.
E com ele.

Brilhante!

Ana Andreolli disse...

Que coisa mais LINDA! eu canto blues sabia?? chama ae!! =p

Yuri Padilha disse...

Aí, galado! Já temos um vocal! E, putz, vc tá meio Raul, sem repetir melodia!

Virna disse...

Ela quer eu também quero.

Ana Karenina disse...

Isso, uma bela música.

Maíra D. disse...

eu só consigo ver isso n'uma serenata! :P

e sem baldes de água fria...

Arthur disse...

I woke up this morning... =)

Bacana! quero ver isso executado

Bia disse...

que liiindo Gustavão!
tb só digo isso né?
posso fazer nada, é isso mesmo.
adorei o "brilhante"!
vou voltar sempre :*

Athila Goyaz disse...

Gostei da letra! Abraços!

Isobel Figue disse...

Quem é ela?
... fica a dúvida.